Depoimento: Diely Costa



Hoje é dia de conhecer o depoimento da Diely, mulher com DM do tipo Cintura-Membros.


Ela descobriu a Distrofia Muscular aos 12 anos, mas conta que a evolução da doença foi lenta. Ela parou de andar aos 19 anos.


Atualmente, Diely, que tem 33 anos e é mãe do Enzo, é profissional de eventos e participa de desfiles.


Diely reforça a importância de oferecer acessibilidade para pessoas com deficiência, oportunizando melhores condições para deslocamento e para a vida diária como um todo.


Descrição da Imagem #PraTodoseTodasVerem.

Início da descrição: No lado direito do card vemos a foto de Diely, uma mulher de cabelos pretos, que veste uma bermuda verde e uma blusa branca. Ela está sentada em uma cadeira de rodas, sorrindo, com uma das mãos na cintura. Logo abaixo da imagem dela lemos, em fundo laranja: Diely Costa, Mulher com Distrofia Muscular Cintura-Membros. Do lado esquerdo do card lemos, em fonte preta, no fundo cinza, a seguinte frase: “Meu maior desafio como mulher com distrofia muscular é a acessibilidade. Até saio sozinha, mas é muito difícil, pois os pequenos obstáculos na rua viram grandes dificuldades.Às vezes vem aquela preocupação com o futuro, mas evito ficar pensando muito nisso.” No canto interior esquerdo está o logo da ADB. Fim da descrição.




10 visualizações0 comentário